quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Paulo de Tarso é condenado a 12 anos de prisão

"Depois de 17 anos de espera, Paulo de Tarso Magalhães Guerra, finalmente sentou no banco dos réus e foi condenado a 12 anos de prisão.

O atual vice prefeito de Caucaia é apontado como o mandante da morte do próprio genro, Harry Michel Frock, no dia 29 de dezembro de 1993.

Segundo os autos, o americano foi morto com 2 tiros numa suposta emboscada na estrada que liga a praia do Cumbuco à lagoa do Banana.

A promotora Alice Iracema Melo Aragão sustentou a tese de que Paulo de Tarso teria encomendado o crime.

Algum tempo depois, Lisley Guerra mudou o depoimento e negou o envolvimento do pai no assassinato do marido.

Pistoleiros teriam fugido

O delegado aposentado Benedito Cacau de Sousa, presidiu o inquérito policial sobre o assassinato do americano, admitiu que não conseguiu identificar e prender os pistoleiros, nem conseguiu apreender o carro usado na suposta emboscada.

Paulo de Tarso negou ter qualquer envolvimento na morte do genro e denunciou que a filha, Lisley Coelho Guerra, foi coagida pela cúpula da Secretaria de Segurança Pública em 1993 a depor contra ele.

Condenação

Mas os argumentos do vice-prefeito de Caucaia não convenceram o júri. Depois de quase 7 horas de julgamento, Paulo de Tarso Magalhães Guerra foi condenado a 12 de prisão em regime fechado. A defesa vai recorrer da sentença. "
Fonte: TV Diário

Nenhum comentário: